ABERTO - Vouchers para Startups | Novos Produtos Verdes e Digitais

04-11-2022

Os Vouchers para Startups - Novos Produtos Verdes e Digitais, são apoios financeiros para projetos de startups, nas áreas verdes e digitais, no montante de 30 mil euros por beneficiário, a fundo perdido.

A implementação do incentivo contempla um investimento global de 90 milhões de euros, financiados pelo PRR - Plano de Recuperação e Resiliência Português / Next Generation UE, a atribuir através de 3 mil Vouchers até 2025

Com o principal objetivo de promover o desenvolvimento de projetos empresariais recém-criados, que se destinem ao desenvolvimento de produtos e serviços com forte componente digital e verde, os Vouchers têm um valor de 30 mil euros por beneficiário.

São elegíveis a este apoio os projetos das startups e empresas que assumam a forma de PME, de qualquer natureza ou forma jurídica, que tenham sido criadas há menos de 10 anos, e estejam sediadas em Portugal.


- Candidaturas abertas de 25 de Novembro até final de Janeiro ou até ao esgotamento da dotação (1ª Fase de várias: modalidade contínua até 2025)

OBJETIVOS

São suscetíveis de apoio projetos enquadrados na promoção de modelos de negócio, produtos ou serviços digitais com contributo positivo para a transição climática através da elevada eficiência na utilização de recursos, que permitam a redução dos impactos da poluição, que fomentem a economia circular, que constituam novas soluções de produção energética e/ou que se caracterizem pela utilização de Dados Abertos ou de Inteligência Artificial, nomeadamente:

  1. Apoio ao arranque e crescimento - Financiamento a empresas em fase de arranque;
  2. Apoio a participação em programas de ignição e aceleração - Financiamento de empresas / startups que se candidatem a programas de ignição ou de aceleração;
  3. Apoio ao desenvolvimento de projetos piloto - Financiamento destinado à demonstração de tecnologia ou modelo de negócio/serviço, desenvolvidos por empresas recém-criadas, de forma a que permita à Startup fazer uma demonstração da sua tecnologia comprovando a sua eficácia.

Esta medida, gerida pela StartupPortugal e apoiada pelas entidades coordenadoras do PRR, IAPMEI e Portugal Digital, representa mais um impulso fundamental para o desenvolvimento do ecossistema do empreendedorismo nacional. 

DOTAÇÃO ORÇAMENTAL

A dotação alocada ao presente Aviso é de 45.000.000€ (quarenta e cinco milhões de euros) para apoiar Startups PME.

ÁREA GEOGRÁFICA ELEGÍVEL

Todo o território nacional, incluindo as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira.

BENEFICIÁRIOS

  • Empresas criadas há menos de 10 anos;
  • Ser uma PME, de qualquer natureza ou sob qualquer forma jurídica; 
  • Ter sede em Portugal.

TAXA DE FINANCIAMENTO

  • Financiamento a conceder por Voucher: 30.000€ por beneficiário

O financiamento deverá ser confirmado através da realização de despesas elegíveis de igual montante, correspondendo a uma taxa de financiamento de 100% a fundo perdido (até 30.000€ por startup).

DESPESAS ELEGÍVEIS

  • Custos com recursos humanos existentes ou a contratar, destinados às atividades a desenvolver no projeto, até ao valor de 22.500€ (75% do total do custo elegível);
  • Despesas com acreditação ou certificação tecnológica de recursos humanos;
  • Aquisição de Serviços Externos Especializados, tais como serviços de apoio à digitalização de processos de negócios, serviços de marketing, de desenvolvimento de produtos e serviços, de consultoria e de outros serviços especializados;
  • Aquisição ou aluguer operacional de equipamentos, bem como custos de licenciamento ou de subscrição de software;
  • Custos com a proteção/valorização de direitos de propriedade intelectual;
  • Custos indiretos - os custos indiretos previstos são calculados com base em custos simplificados, assentes na aplicação da taxa fixa de 15% dos custos com recursos humanos.

São elegíveis as despesas assumidas a partir da data da submissão da candidatura, não podendo o projeto estar iniciado à data de apresentação da mesma.

Os projetos têm uma duração máxima de dezoito meses, a contar da data de assinatura do Termo de Aceitação, tendo de estar concluídos no máximo até 30 de setembro de 2025. 

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO

  1. Relevância do projeto face aos objetivos da medida, através da apresentação de um modelo de negócio, produto ou serviço inovador e com forte componente digital, escalável, com forte potencial de crescimento e com contributo positivo para a transição climática;
  2. Capacidade de implementação dos beneficiários, através de uma equipa de gestão com competências tecnológicas e de gestão adequadas ao desenvolvimento do modelo de negócio;
  3. Impacto do projeto na competitividade das empresas beneficiárias, através do contributo do projeto para uma diferenciação das startups, face à sua concorrência no mercado.

Os projetos de candidatura serão valorizados consoante a sua capacidade de incrementar o crescimento do negócio, devendo esta medida do PRR contemplar o apoio a, pelo menos, 3.000 startups PME no período de abrangências do programa. Para atingir tal objetivo, este concurso é lançado na modalidade em contínuo.

Apenas são admissíveis as candidaturas que garantam o cumprimento do princípio do Não Prejudicar Significativamente "Do No Significant Harm" (DNSH), na aceção do Artigo 17.º do Regulamento (UE) 2020/852 do Parlamento Europeu e do Conselho. 

PROCEDIMENTO DE PAGAMENTO

  • Adiantamento inicial, com a assinatura do Termo de Aceitação: 5.000 euros;
  • 4 adiantamentos trimestrais: 5.000 euros;
  • Pagamento final: 5.000 euros, com a apresentação de pedido de pagamento final com as despesas elegíveis realizadas, a submeter até 90 dias após a conclusão física e financeira do projeto.

O valor fixo de cada voucher será disponibilizado em 6 tranches trimestrais de cinco mil euros e as candidaturas de cada cut-off trimestral são analisadas pela Startup Portugal.

Os montantes de apoio recebidos e não justificados, através da realização de despesas elegíveis no prazo de 18 meses a contar da data de aprovação e da assinatura do termo de aceitação, serão objeto de devolução no prazo de 30 dias sob pena dos mesmos serem objeto de recuperação.

PROCESSO DE SELEÇÃO DE CANDIDATURAS

O processo de seleção é efetuado trimestralmente tendo em conta a data de entrada das candidaturas (cut-offs trimestrais).

  • Primeiro cut-off em: Final de janeiro.

OBSERVAÇÕES 

As candidaturas podem ser feitas via Balcão dos Fundos, a partir de 25 de novembro, e encontra-se já disponível o Aviso de Abertura do Concurso para consulta pública.

O prazo de apresentação de candidaturas mantém-se aberto até à receção do número de candidaturas que atinjam o limite apurado em função da dotação orçamental.

A receção de candidaturas poderá ser suspensa antes de atingido o limite orçamental referido, através de comunicação prévia a publicar nos sítios de internet do PRR, IAPMEI, Startup Portugal e Estrutura de Missão Portugal Digital, com uma antecedência mínima de 3 dias úteis em relação à data estabelecida para a suspensão.

- Comece já a elaborar a sua candidatura! Não deixe para os últimos dias!


Entre em contacto connosco para o ajudarmos a iniciar-se no mundo dos Fundos Europeus e começe os seus Projetos de forma inteligente.

Seja o primeiro a ler o que há de novo e mantenha-se informado dos incentivos que podem alavancar e projetar a sua empresa!